Páginas

domingo, 7 de agosto de 2016

Yes, maybe the stars pt. IV

Última parte da cansativa série de posts “Yes, maybe the stars” (1, 2 e 3). Felizmente, esta parte será bem mais curta porque não há tantos planetas nas últimas 5 casas, haha. Sem mais delongas:

Casa VII (Descendente)

Relacionada às parcerias e relacionamentos, onde equilibramos a balança da arte de dar e receber. É como respondemos às necessidades dos outros.

Signo: Touro
Sendo um signo de Terra, trata-se de algo duradouro e imutável. Tem por objetivo achar seu lugar no mundo material e aproveitá-lo ao máximo, tornando-se ciente e cultivando uma ligação com o ambiente físico.
Ou seja: gosto de coisas estáveis, de receber o que dou. Admito que me identifico muito com isso. Apesar do Vênus em Aquário ser desapegado, o Touro da casa VII me faz sossegar o facho e pensar mais em compromissos sérios, risos.

Planetas: Nenhum

Casa VIII

Trata das situações transformativas e significativas, as coisas “inevitáveis” da vida (como a morte ou impostos). Conectada também à catarse.

Signo: Gêmeos
Preocupado com conexões, comunicação e lógica; voz, pensamentos, escrita e processos racionais num geral. Costuma fazer comparações de todos os tipos. É o comunicador do zodíaco, sendo desapegado, independente e, de certa forma, variável.
Creio que foi essa posição que originou a Maria escritora que joga todas as tristezas nas palavras e tem o costume de criar metáforas sobre qualquer coisa, em qualquer situação. Nunca pensei que o signo de Gêmeos poderia trazer algo de bom, mas no fim é por causa dele que sei uma das coisas que mais amo fazer na vida: escrever. Thanks, Gemini.

Planetas: Nenhum

Casa IX

A nona casa está relacionada a nossa disposição para ir além das nossas experiências diárias. Tem a ver com as longas jornadas da vida, tanto mentais quando materiais. Filosofias, crenças, especulações e opiniões são formados nesta casa.

Signo: Câncer
Câncer é a “mãe” do zodíaco, sempre tornando tudo um lar, protegendo as bases para os outros. Signo sensitivo onde emoções e experiência contam mais do que a lógica. Essa energia se alimenta de confortos emocionais e geralmente possui grande ligação com o passado e acestralidade.
Eu vivo no passado e tô sempre tentando cuidar de todo mundo. Só li verdades.

Planetas: Nenhum

Casa X (Meio do Céu)

Casa do sucesso e glória, conectada ao alcance de uma distinção pública. Reputação e carreira são influenciados por esta casa. A décima casa é sobre ter um objetivo de vida e determinação para alcançá-lo.

Signo: Leão
Energia expressiva, vital e exuberante. Muitas vezes artístico, sempre teatral e dramático, este é o signo da criatividade e das artes. Portador de um grande coração, vive apreciando e celebrando as coisas boas da vida, trazendo entusiasmo para tudo que toca. Aqui as coisas são feitas de maneira divertida e com prazer.
Olha as artes aí de novo. Eu deveria vender minha arte na praia, só dizendo.

Planetas: Marte
Grande ambição combinada com uma forte vontade de fazer o seu melhor profissionalmente. Motivado pela necessidade de alcançar objetivos e aspirações vocacionais.
Creio que isso seja verdade... ? Admito que quero sempre fazer o meu melhor, mas nunca sei se o meu melhor é o bastante, então tem um quê de insegurança aí. Mas uma coisa é verdade: gosto bastante de ser estimulada através de objetivos, risos.

Casa XI

A mais conectada com o futuro, onde estão nossos sonhos e esperanças e onde eles se tornam realidade para os outros. Casa que tem a ver com questões humanistas e altruístas.

Signo: Virgem
Analítico e preciso, sempre tentando separar o que vale a pena do que é tempo perdido. Este é o signo da eficiência. A energia de Virgem é sempre facilitadora, muitas vezes cuidado mais de outros do que de si mesmo.
Não sei até que ponto isso é verdade, mas eu analiso muito bem as minhas causas e não fico militando pelo que eu julgo coisa pouca, não. E, mais uma vez, vemos que eu me importo mais com os outros do que comigo mesma. Que coisa.

Planetas: Nenhum

Casa XII

Onde a consciência se põe. É o estado indeterminado, onde tudo não passa de potências não realizadas. Tradicionalmente a casa do “sacrifício”, conectada à prisões, traições e autodestruição. É uma casa que, de certa forma, indica como podemos nos libertar disso.

Signo: Libra
Responsivo e conciliador, assumindo sempre a reação apropriada para qualquer situação. O que às vezes é visto como “duas caras”, é apenas a facilidade de Libra em responder cada tipo, dando consideração igual aos lados. Impessoal e imparcial, este signo faz apenas o que é preciso. Nada exagerado e nada negligenciado.
De todo o meu mapa, acho que essa é a parte que mais me define. Jamais me peça para escolher um lado, porque eu simplesmente não consigo. Eu vejo qualidades e defeitos em tudo. Certo que eu posso pender mais para um lado do que para o outro, mas eu jamais vou aceitar um lado por completo sem considerar os pontos posivitos do outro. É isso que me liberta de muita coisa, assim como é isso que me impede de seguir em frente em algumas circunstâncias. É realmente algo a ser trabalhado.

Planetas: Nenhum

***
Finalmente acabou, uhul! Agora, caros leitores, não se preocupem porque eu provavelmente não vou falar mais de astrologia nesse BEDA (ou será que... ?). Devo admitir que foi uma ótima experiência analisar o meu mapa astral, mesmo que resumidamente, porque aprendi muito sobre mim mesma. Tem partes que eu não entendi, tem partes com as quais eu não me identifico tanto, mas é assim com todo mundo — até porque a astrologia não é algo exato, as influências externas e as nossas experiências mudam uma coisa aqui ou ali, e o mapa astral mostra apenas como nós somos quando “brutos”, antes de sermos lapidados pela vida.

Espero que não tenho sido uma experiência traumática pra quem acompanhou, e agradeço de coração pra quem leu tudo. Cês são uns lindos. ♥

2 comentários

  1. Olha, embora eu tenha boiado em alguns momentos (já te falei, não manjo muito de astrologia), achei bem interessante ler tudo isso sobre seu mapa astral! Assim como você pôde se entender melhor, eu pude fazer o mesmo do lado de cá (mesmo que não tão profundamente assim). E ó, se você for vender sua arte na praia, vou junto! HAHA <3

    ResponderExcluir
  2. Eu amei essa série astrologia - não comentei nos outros posts por falta de tempo, sorry, mas li tudo! - porque: a. sou a louca dos signos; b. tu tem o mesmo asc que eu, então as casas tão encaixadinhas assim como no meu mapa. MIGA, DÁ CÁ A MÃO, TE ENTENDO.

    Dei uma gargalhada quando li "Nunca pensei que o signo de Gêmeos poderia trazer algo de bom" porque, olha, TAÍ UMA VERDADE hahahaha Mas ele nos trouxe algo maravilhoso, veja só você.

    ;*

    ResponderExcluir